sábado, 29 de janeiro de 2011

Frases sem sentido II

Vê-mos alguém empoleirado e dizemos "Vê lá se cais!"
Queremos mesmo que a pessoa caia?
ou queremos dizer -Vê lá se não cais!-

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Frases Sem Sentido I

Nesta nova rubrica vou falar, das frases que usamos para definir algo que afinal é totalmente o oposto do que queremos dizer.
Como por exemplo: "Não tenho nada" Será que queremos dizer que temos tudo?
Á frase correcta seria "Eu nada tenho" ou "Eu tenho nada".

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Chamada para Washington

Curiosidades V

É Impossível fazer cócegas a nós mesmo
Somos incapazes de fazer cócegas no próprio corpo (propositadamente) porque o cérebro prevê nossos movimentos antes que eles aconteçam, excluindo a sensação de perigo e pânico que provoca as cócegas.
Quando alguém nos faz cócegas, o corpo reage, tornando-se tenso. Já quando tocamos o próprio corpo, ele não demonstra reacção. Algumas pessoas nunca o contraem pelo toque de outros e portanto não sentem cócegas.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Publicidade à letra VI

Num reclamo de TV do el corte Iglês, sobre os saldo do início do ano.
Vê-se as pessoas a atirarem os pinheiros pela janela fora.
Aí penso se eu fosse mudo e tivesse a ver este anúncio, o que pensava?
Bem o el corte inglês diz que acabou o Natal, pode-mos mandar os pinheiros para a rua pois há-de passar alguma carrocinha para os apanhar. Enquanto isso podemos ir lá pois os preços baixaram.

Moral: Meus Senhores não deitem lixo na rua, poupem o Planeta.

Curiosidades IV

Sabia que a Voz Envelhece
A voz é um som produzido pela vibração do ar que é retirado dos pulmões pelo diafragma e que passa pelas cordas vocais sofrendo alterações influenciadas pela boca, lábios e língua.
Como as demais partes do corpo, a voz também envelhece. Este envelhecimento é provocado pela acção natural do desenvolvimento do organismo onde há o engrossamento das cordas vocais, a redução de movimentos das articulações, alterações hormonais e emocionais, maus hábitos, calcificação das cartilagens, atrofia da musculatura laríngea e a perda da capacidade pulmonar.